Pesquisar

Mare Alvares

Categoria

Random

Desconstruindo arrogância

Poesia é outra coisa!

 

Continue reading “Desconstruindo arrogância”

Anúncios

Virei fanfic mais uma vez!

Meu conto virou fanfic e olha no que deu

Continue reading “Virei fanfic mais uma vez!”

Está tudo bem ser efêmero, todo mundo é

Precisamos falar sobre A Lista. Não a de Schindler, nem a lista negra ou a de compras. A lista — Oswaldo Montenegro

Continue reading “Está tudo bem ser efêmero, todo mundo é”

As definições de postagem foram atualizadas

Perdoa eu ser randômica e não desiste de mim

Continue reading “As definições de postagem foram atualizadas”

A culpa é do meu mapa astral

Algumas ideias desgraçadas

Continue reading “A culpa é do meu mapa astral”

O jogo virou, não é mesmo?! Virei palavras, me tornei poesia

Sobre a fanfic Amargo e Doce, inspirada na minha pessoinha

Continue reading “O jogo virou, não é mesmo?! Virei palavras, me tornei poesia”

Falta de vergonha na cara

Um post para fingir que eu tenho uma justificativa plausível para não postar no blog

Continue reading “Falta de vergonha na cara”

J.R.R. Tolkien, Contos de Fadas e outras coisas causadas por verborragia crônica

Poesia em 15 segundos e outras lindezas

Para explicar sobre meu projetinho de poesia e outras coisinhas. Chega mais!

Continue reading “Poesia em 15 segundos e outras lindezas”

A sensibilidade (trágica) de Sungwon

Sungwon é um ilustrador sul coreano que faz um trabalho incrível, arrasador de coraçõezinhos. Vem ver!

Continue reading “A sensibilidade (trágica) de Sungwon”

Como não começar um blog

Eu já disse que não sei o que estou fazendo, mas com certeza isso aqui é alguma coisa.
Ainda é a Mare, as mesma palavras, as mesmas piadas estúpidas e o mesmo jogo aleatório de palavras que culminam em frases, que culminam em texto. Que culminam num blog.
Olá, seja bem vindo. Não repare a bagunça, mesmo que você decida, agora, reparar em tudo.

Olá?

tem alguém ai?

WordPress.com.

EM CIMA ↑