Screenshot_51

Essa pessoa aí em cima é a Mare: coincidentemente esta que aperta as teclas para digitar os textos deste blog ou outros com esta assinatura. Mare.

Tenho 21 anos e moro no interior do Rio de Janeiro. Graduanda em Letras e bolsista de iniciação científica pela UERJ. 
Tenho blog há 8 anos, mas escrevo há uns 10. A idade pesa e parece mentira, mas é o que tem pra hoje.

Tento trazer para cá, para minhas palavras, um pouquinho da minha visão de mundo: não é a das mais otimistas, mas trago verdades. Alguns exageros? Talvez. Alguns palavrões? Não xingo pra caralho, mas às vezes acontece. 

Bem, eu não sei o que estou fazendo, este é um blog meio nada a ver de uma pessoa que ainda não entende bem o que deve fazer. Mas é alguém que, pelo menos, tenta. Venho e vou escrevendo, tentando deixar minha marca em algum lugar. Fazer as palavras moverem quem me lê.

Talvez eu possa fazer pouco sentido, mas às vezes é exatamente isso que eu quero. Talvez esse seja apenas um argumento para o qual eu possa recorrer se alguém vier questionar alguma coisa.

Sou uma conhecedora de nada e especialista em porra nenhuma. Mas tenho opiniões, critico e chamo de babaca se precisar. Não se ofenda, não é nada pessoal, mas se a carapuça servir… bem, não é mais comigo, né? Não sou perfeita, não estou acima do bem e do mal, sou tão babaca e burra quanto qualquer outra pessoa neste mundo. Ainda bem. Tenho muito a aprender.

Só espero ajudar alguém, tirar uma risada ou só distrair quem tá do lado daí. Só quero falar minhas bobagens quando ninguém mais vai escutar; escrever quando eu tiver de bobeira e precisar postar em algum lugar para buscar algum tipo desconhecido de auto afirmação. Mas não é sobre meu ego, é mais uma necessidade intrínseca com as palavras.

Por ora é só, porque quando eu escrevo já falo pra caralho…


Onde achar meus textos?

Medium:

Newsletter:

 



Mas ei, se você quiser entrar em contato, mandar suas dúvidas, fazer sugestões, pedir conselhos, jogar War, videogame, dama, xadrez ou jogo da velha, Banco Imobiliário, forca, poker; marcar pra tomar um café, comer bolo, pizza, medalhão ao molho madeira com arroz à piamontese numa casa com vista pra praia; se quiser jogar conversa fora, enviar alguma coisa, dizer que é meu fã, me doar dinheiro; se quiser me chamar pro seu time no jogo de sábado, consultar seu futuro; se quiser indicação de livro, de filme, de série, de tom de cor para sua parede da sala; se quiser um endereço de um médico, de um astrólogo, um parque, um cinema legal, um teatro; se tiver uma casa com piscina e churrasqueira, se  talvez, quem sabe… (mas não lavo a louça).
E se você veio aqui, leu isso tudo e ainda não gosta de mim: eu te entendo, amigo, no seu lugar também não gostaria.

Email: mare.alvares@gmail.com
Twitter, Instagram, Medium: marealvares

 

 


Deixe seu recado!

 

Anúncios