Pesquisar

Mare Alvares

Etiqueta

Letras

Desconstruindo arrogância

Poesia é outra coisa!

 

Continue reading “Desconstruindo arrogância”

Os medos de escritor

Sobre medo e coragem

Continue reading “Os medos de escritor”

Auto da Lusitânia: a crítica social no teatro vicentino

Gil Vicente já estava avisando, lá em 1532,  o quanto as pessoas são filhas da puta

Continue reading “Auto da Lusitânia: a crítica social no teatro vicentino”

2016 para Mare Alvares

Melhores e piores do blog e outras coisas mais desse ano desgraçado

Continue reading “2016 para Mare Alvares”

Durante o Mare Alvares: como (não) continuar um blog

 

Lá vem a louca que agradece por tudo

Continue reading “Durante o Mare Alvares: como (não) continuar um blog”

Antes do Mare Alvares

Perdoa essa imagem feita no Picasa e essas vírgulas desnecessárias e não desiste de mim

Continue reading “Antes do Mare Alvares”

Links da Mare

“Por onde andei enquanto você me procurava?”

Continue reading “Links da Mare”

Lá vem a velha da blogosfera

Fiz 7 anos de blog e olha no que deu

Continue reading “Lá vem a velha da blogosfera”

Escritores que são e os que não sabem que são

Isso é sobre ser: escrever

Continue reading “Escritores que são e os que não sabem que são”

A leitura ditatorial

Este post é livre para todas as idades

Continue reading “A leitura ditatorial”

Poesia sim, porque sim

De um lado vocês podem ver o lacre do Vander Lee e, do outro, eu mesma

Continue reading “Poesia sim, porque sim”

A criança de um poema

Sobre Leonardo Gomes, que merece mais do que só um espacinho nesse humilde blog. Fica, vai ter poesia

Continue reading “A criança de um poema”

Treta literária

Mas é verdade sim!
Corre que aqui é close, baby, é babado, é confusão 

Continue reading “Treta literária”

Escritor não é autótrofo e também paga conta de luz

Escritores: de onde eles vêm? Para onde vão? Como se alimentam e pagam as contas? Sexta, no Globo Repórter.

Continue reading “Escritor não é autótrofo e também paga conta de luz”

O jogo virou, não é mesmo?! Virei palavras, me tornei poesia

Sobre a fanfic Amargo e Doce, inspirada na minha pessoinha

Continue reading “O jogo virou, não é mesmo?! Virei palavras, me tornei poesia”

J.R.R. Tolkien, Contos de Fadas e outras coisas causadas por verborragia crônica

01 coisa que nenhum escritor ou poeta te dirá

Mais um texto, com Ph abaixo de 7, para falar sobre a famosa e querida Inspiração

Continue reading “01 coisa que nenhum escritor ou poeta te dirá”

Como Vladimir Nabokov inspira a hipocrisia moral

Alerta de textão crítico!

Continue reading “Como Vladimir Nabokov inspira a hipocrisia moral”

WordPress.com.

EM CIMA ↑