Se você entendeu me explica


Eu sou terrivelmente ruim em fazer BEDA. Eu sei, eu reconheço. Pelo menos eu aprendi que posso escrever umas coisas nada a ver de vez em quando que isso funciona. Descobri que dá pra eu postar conteúdo, mesmo que na pressão, eu só precisava de um empurrãozinho.
Descobri que eu precisava do BEDA pra me forçar a fazer o que eu gosto com mais afinco, e começar a produzir mais. Isso não é uma despedida e eu não vou encerrar as atividades desse desafio hoje, mas talvez semana que vem. Acontece que dia 29 voltam minhas aulas na faculdade e eu preciso dizer que passo mais tempo lá do que em casa e não posso garantir conseguir escrever assiduamente. Farei meu melhor, mas sem promessas. Aliás, eu não me responsabilizo por merda nenhuma.
Também pretendo voltar a ler, aliás, nem sei como consegui parar. Acho que ter lido 22 livros em 3 meses me deu uma quebrada forte.
[não comecem a palhaçada de “ai meu deus quem consegue ler isso tudo nesse tempo aposto que nem lembra os nomes aposto que não lembra nem do que leu ai meu deus você é um monstro]. SOU UM MONSTRO MESMO.

A magia negra que as inimigas jogaram deu certinho porque não consegui ler mais nada depois do vigésimo quarto livro. Mas deus é mais e eu vou voltar a ler sinistramente na velocidade da luz.
Não sei se vai ter resenha. Porque é chato pra caralho escrever resenha e tem aos montes em blogs literários por aí. A diferença é que eles são remunerados (mesmo que com livros) para fazer isso, eu não. O que dá pra fazer é eu trazer minhas análises quando tiver análises para fazer, o que significa que vocês terão que ter lido o livro em questão para acompanhar porque tem spoiler. E o que também significa que pode ter umas críticas pesadas sobre a obra e o escritor, ou algumas ideias e interpretações. Se você quiser entender o que são essas análises e tiverem lido os livros (PELO AMOR DE DEUS TEM SPOILER — talvez não tenha, mas eu não lembro muito bem então melhor avisar assim mesmo) A Menina Submersa, Árvore e Folha e/ou Orgulho e Preconceito, cliquem nos respectivos nomes para ver o que eu falei sobre. Ah, também tenho coisinhas sobre o Markus Zusak, “Markus” é um link e “Zusak” é outro porque eu amo o moço e quero falar dele. Ah, aproveitando o jabá, também tem sobre Lolita e sobre o Chuck Palahniuk.

Os livros que li vocês podem conferir na aba “Leituras” (ou clica no link, na verdade eu vou deixar o paragrafo todo linkado pra não ter erro) bem ali em cima no menu do blog. Não sei porque vocês gostariam de saber disso, mas tá ali, com estrelinhas para marcar minha nota sobre o livro, não me julguem por dar duas estrelinhas para Orfanato da Srta. Peregrine, não sou obrigada.

Mare você é muito L-O-S-E-R e não conseguiu completar o BEDA. Bem, eu gostaria lembrar vocês de uma coisinha:

Primeiro, eu quero dizer que

Não vai dar certo, não tem a menor chance de dar certo. Mas já que eu escrevi 438, 439, 440 (e contando) palavras neste post, agora já era. Eu vou tentar pelo menos, acho que isso dá pra fazer. Só espero que essa introdução explicativa sirva como post de hoje…

ALVARES, Mariana. Agosto de 2016

Enfim, talvez eu venha postar outra coisinha por aqui hoje. Talvez não. Beijos de luz.

#BEDA22

gente pera aí que eu tenho uma reflexão para postar pra vocês:

14054939_1318511714852503_5118281669695939609_n


Agora sim, pode ir embora em paz depois desse #reflitão
Mare

Anúncios