Não, eu não errei a brincadeira


Vi um post do meu migo Ryo lá no Medium: “Carta para meu Eu de 14 anos” (segue linkado pela recomendação do texto e do perfil inteiro desse moço que escreve bem demais) e fiquei pensando. Querendo ser diferentona nessa vibe de escrever carta para meu eu do passado, eu quero escrever pra mim mesma no futuro. Espero que faça sentido. Também espero que eu lembre disso para ler no futuro.

Oi, Mare

Provavelmente você ainda deve ser a Mare. Mare Alvares. Não sei quanto tempo terá passado para você ler isso, espero que bastante… o futuro já é amanhã e talvez até lá você já tenha mudado muito. Vamos pensar num futuro mais distante que isso, né non?
Espero que você tenha aprendido a controlar essa verborragia estranha e introduções desnecessárias já que aqui continua a mesma merda. Também espero que você continue escrevendo e mande todos os babacas que disserem o contrário para aquele lugar — continue xingando mesmo, que ninguém tem nada com essa sua carinha de criança fofa. Você é um gremlin sim.
Não sei quem você é, mas não acho que isso seja um problema, porque, agora, também não faço ideia de quem eu seja. Na verdade, eu espero que você nunca se descubra. Busque mais, seja mais. Se sentir que sabe quem é, mande sua zona de conforto para a casa do caralho e vá fazer outra coisa. Mas não perca sua essência, é linda, eu tenho certeza que você ainda concorda comigo, se não, repensa direitinho que você vai lembrar porquê.
Nunca foi fácil. Não é fácil aqui, agora. Não espero que seja fácil aí, mas espero que você tenha aprendido a lidar melhor com as coisas — principalmente com sua ansiedade. A gente já sofreu um bocado, né? Vamos sofrer mais. Vamos quebrar mais a cara: e isso é ótimo. Chora mesmo. Chola mais (isso já deve ser bem ridículo aí no futuro, mas memes são as melhores coisas). Precisamos disso e você sabe. E vai ter mais louça pra lavar, com certeza.
Espero que você continue amando muito e se entregando de braços abertos ao amor. Você é boa nisso, quem tenha dito algo contrário a isso é um babaca também. Aliás, todo mundo é meio babaca… mas você sabe quem são seus amigos, continue tendo isso em mente. Você não vai conseguir ser amiga de todo mundo, mas você tenta, eu sei, você é ótima, mas não seja exigente demais! Mare, você é meio babaca também, miga.
Gosto de quem eu sou hoje, espero que você goste de quem se tornou. Que todas as experiências acumuladas até agora, e até onde você está, sirvam para nos elevar. Que nossa escrita melhore sempre e que finalmente consigamos suar menos para pensar nos assuntos dos posts. Você vai achar isso aqui uma bosta, me perdoa, era o que tinha pra hoje.
Principalmente e acima de todas as coisas, espero que esteja feliz. Que faça o que ama e esteja com quem ame de verdade. Que sorria com a mesma felicidade no peito com a qual hoje eu sinto… que isso não esmoreça em você, independentemente do motivo. Que encontre alegria em si mesma e as demais realizações só te transbordem. Você é boa em achar o lado bom nas coisas, mantenha isso por aí, acho que será útil.
Lembra sempre do que te faz feliz de verdade, procura uma janela, vá olhar a chuva, o céu, toma teu café em paz. Fique em paz consigo mesma enquanto procura Vênus no céu. Não perde isso, não me deixa perder isso.

Te espero por aí,
Mare.

#BEDA09


Mare

Anúncios